Logotipos das Copas do Mundo Sub-17 e Sub-20 de 2011

28/10/2010

No último mês, a FIFA revelou o logotipo de duas de suas competições oficiais que serão realizadas no ano que vem.

Em 29 de setembro foi apresentado o logo da Copa do Mundo Sub-20, que será realizada na Colômbia. O desenho mostra uma xícara de café fumegante, redonda como uma bola de futebol e colorida com o azul, vermelho e amarelo da bandeira colombiana. A competição começa em 29 de julho de 2011 em Barranquilla, terminando em Bogotá no dia 20 de agosto do mesmo ano. Será a primeira competição oficial da FIFA realizada no país. Vale lembrar que a Colômbia seria a sede da Copa do Mundo de 1986, mas devido a um terremoto ocorrido no ano anterior, a competição teve de ser transferida para o México.

México este que será a sede da Copa do Mundo Sub-17 de 2011, entre os dias 18 de junho e 10 de julho. Além destes dois torneios, o México também sediou a Copa do Mundo de 1970, a Copa do Mundo Sub-20 de 1983 e a Copa das Confederações de 1999. O logotipo foi apresentado em 20 de outubro e “reflete as muitas faces, a hospitalidade e a paixão pelo futebol da nação anfitriã e tem como objetivo envolver o povo dentro e fora do país com o início da contagem regressiva rumo ao torneio. O uso das cores mexicanas (vermelho, branco e verde) e da árvore da vida comunica a paixão e a sentimento que o evento causará, também expressando dinamismo e um espírito jovem.”

Anúncios

Obras no Estádio Independência

25/07/2010

Com o Mineirão em obras até 2013 para a Copa do Mundo, caberá ao Estádio Raimundo Sampaio, comumente conhecido com Independência, sediar os jogos dos clubes de Belo Horizonte entre 2011 e 2013. Porém, para suportar tamanha demanda, o estádio também necessita de uma profunda reforma. Esta reforma vem ocorrendo desde janeiro de 2010, e a previsão inicial era para o estádio estar pronto já em setembro do mesmo ano. Posteriormente, o prazo foi modificado para outubro. Agora, os responsáveis já falam em março de 2011 como data para a entrega da obra.

O projeto original da reforma sofreu algumas modificações, principalmente no que diz respeito ao prédio que abrigaria, além de um centro de convenções, estacionamento para 800 vagas, salas de antidoping, vestiários e auditórios. Agora foi adotado um modelo mais simples, apenas com a infraestrutura básica para a realização das partidas. Outra mudança que encareceu o projeto foi em relação às fundações e contenções, que agora são de um modelo considerado mais conservador, e consequentemente, mais seguro.

A partir disso, a reportagem do Cultura Futebolística foi ao estádio conferir o andamento das obras:


Copa do Mundo FIFA Qatar 2022

24/07/2010

Qatar 2022

Concorrendo contra candidaturas de Bélgica/Holanda, Inglaterra, Rússia, Portugal/Espanha, Estados Unidos, Austrália, Japão e Coreia do Sul, está o Qatar. O país do Oriente Médio quer ser a primeira nação árabe a sediar uma Copa do Mundo. Um fator que existe contra os qataris é o fato de que a Copa do Mundo ocorre entre os meses de junho e julho. Nessa época do ano, a média de temperatura do país não fica abaixo dos 30ºC, chegando muitas vezes a alcançar temperaturas de 40ºC. Os organizadores prometem um sistema de controle de temperatura dentro e fora dos estádios, de modo a tornar a presença de turistas e atletas o mais agradável possível. Os organizadores também se comprometeram a permitir a venda de bebidas alcoólicas durante a competição (a venda e consumo de bebidas alcoolicas é proibido no país).

Mas o mais impressionante na candidatura do Catar são os estádios. Por enquanto, foi proposta a utilização de seis estádios, três deles já existentes, mas que serão remodelados e outros três completamente novos.

Dentre os existentes, está aquele que provavelmente sediaria as maiores partidas, incluindo abertura e final, o Khalifa International Stadium. Localizado em Doha (capital do país), foi construído em 1976 e remodelado em 2005, para ser a principal sede dos Jogos Asiáticos de 2006. Atualmente tem 50.000 lugares, e seria expandido para 70.000.

A arquitetura de todos eles é impressionante. Melhor do que falar, é mostrar no vídeo abaixo.


Espanha Campeã Mundial

11/07/2010

Com a vitória por 1 a 0 sobre a Holanda (gol de Iniesta), a Seleção Espanhola é a mais nova integrante do seleto grupo dos campeões da Copa do Mundo. O time espanhol, cuja melhor colocação havia sido um quarto lugar na Copa de 1950, no Brasil, venceu sua primeira final de Copa. A Holanda, por sua vez, perdeu sua terceira final de Copa do Mundo; as outras haviam sido em 1974 e 1978, com o lendário time do Carrossel Holandês.

Foi a sexta final de Copa do Mundo que foi para a prorrogação:
– 1934: Itália 2 x 1 Tchecoslováquia (1 x 1 no tempo normal, 1 x 0 na prorrogação)
– 1966: Inglaterra 4 x 2 Alemanha (2 x 2 no tempo normal, 2 x 0 na prorrogação)
– 1978: Argentina 3 x 1 Holanda (1 x 1 no tempo normal, 2 x 0 na prorrogação)
– 1994: Brasil 0 x 0 Itália (3 x 2 nos pênaltis)
– 2006: Itália 1 x 1 França (1 x 1 no tempo normal, 0 x 0 na prorrogação, 5 x 3 nos pênaltis)
– 2010: Espanha 1 x 0 Holanda (0 x 0 no tempo normal)

Curiosidades:

– Foi a primeira vez que uma seleção foi campeã mundial mesmo perdendo sua primeira partida na Copa (derrota da Espanha para a Suíça por 1 a 0).
– Foi a primeira vez, desde 1978 (Argentina x Holanda) que dois times que nunca foram campeões chegaram a uma final.
– Foi a primeira final de Copa do Mundo sem Brasil, Itália, Alemanha ou Argentina.
– Foi a primeira vez que uma seleção europeia venceu uma Copa do Mundo fora do continente europeu.
– Foi apenas a segunda vez que a Europa consegue dois títulos consecutivos (Itália, 2006 e Espanha, 2010). A outra vez havia sido em 1934 e 1938 (Itália bicampeã).
– A Europa agora possui 10 títulos de Copa do Mundo, contra 9 da América do Sul.

Clique AQUI para baixar os logos da Real Federación Española de Fútbol em formato vetorial (.CDR).


Mais Jabulani

10/07/2010

Como já havia sido feito na final da Copa de 2006, quando foi feita a +Teamgeist Berlin, a Copa de 2010 terá uma bola especial para a sua final, amanhã, entre Holanda e Espanha. Trata-se da Jo’bulani, uma versão da Jabulani com desenhos na cor dourada. O nome é uma homenagem à cidade que receberá a final, Joanesburgo, que comumente é chamada também de Jo’burg.

A Jo’bulani é mais uma versão da Jabulani das várias versões da bola que virão pela frente.

Primeiramente, antes mesmo da Copa do Mundo, na Copa Africana de Nações de 2010, a bola oficial do torneio foi a Jabulani Angola, que possuía as cores do país-sede.

Semana passada foi anunciada pela LPFP (Liga Portuguesa de Futebol Profissional) a bola do Campeonato Português 2010/2011. Trata-se de uma Jabulani laranjada com as cores portuguesas.

Agora foi a vez do Fluminense, patrocinado também pela adidas, lançar sua “Jabulani Fluminense”. A bola provavelmente será utilizada nos treinamentos do clube, uma vez que no Campeonato Brasileiro a bola é a Nike quem fornece. Entretanto, se surgiu essa Jabulani para o tricolor carioca, é provável que aconteça o mesmo com outros clubes patrocinados pela adidas, como Palmeiras, River Plate e clubes europeus.


Semifinais das Copas do Mundo

04/07/2010

Foram definidos os quatro semifinalistas da Copa do Mundo. E contrariando a fase anterior do torneio, de maioria de seleções sulamericanas, agora a superioridade é europeia.
O Uruguai impediu que uma seleção africana chegasse pela primeira vez a uma semifinal de Copa do Mundo, ao eliminar Gana nos pênaltis, e garantir pela quinta vez a presença entre os quatro primeiros, o que não ocorria desde 1970. As outras vezes foram em 1930, 1950 e 1954.
A Holanda eliminou o Brasil e disputará sua segunda semifinal (a primeira foi em 1998), embora estará pela quarta vez entre os primeiros quatro colocados, uma vez que em 1974 e 1978 o time da Laranja Mecânica classificou-se para as finalíssimas através de grupos.
A Espanha chega apenas pela segunda vez em uma semifinal. A outra havia sido em 1950.
Já a Alemanha chega pela 12ª vez entre os quatro primeiros, sagrando-se a maior semifinalista da história das Copas.

Das 19 Copas do Mundo realizadas até hoje (incluindo 2010), em14 delas a Europa teve superioridade em número de semifinalistas. A América do Sul só conseguiu esse feito uma vez, em 1930. As outras 4 (1950, 1962, 1970 e 1978) teve 2 europeus e 2 sulamericanos. Nas Copas de 1934, 1966, 1982 e 2006 os quatro semifinalistas foram europeus.

Somente em 1930 (Estados Unidos) e 2002 (Coreia do Sul) houve semifinalistas que não eram sulamericanos nem europeus.

Em 1958, 1986, 1994 e 2002, os únicos países sulamericanos que chegaram à semifinal sagraram-se campeões. Fato que o Uruguai tentará fazer este ano.

Copa de 2010 – África do Sul

Europa – 3 – Holanda, Alemanha e Espanha
América do Sul – 1 – Uruguai

Copa de 2006 – Alemanha

Europa – 4 – Alemanha, Itália, Portugal e França

Copa de 2002 – Coreia do Sul/Japão

Europa – 2 – Alemanha e Turquia
América do Sul – 1 – Brasil
Ásia – 1 – Coreia do Sul

Copa de 1998 – França

Europa – 3 – Holanda, França e Croácia
América do Sul – 1 – Brasil

Copa de 1994 – Estados Unidos

Europa – 3 – Itália, Bulgária e Suécia
América do Sul – 1 – Brasil

Copa de 1990 – Itália

Europa – 3 – Itália, Alemanha e Inglaterra
América do Sul – 1 – Argentina

Copa de 1986 – México

Europa – 3 – Alemanha, França e Bélgica
América do Sul – 1 – Argentina

Copa de 1982 – Espanha

Europa – 4 – Polônia, Itália, Alemanha e França

Nas Copas de 1974 e 1978, a final foi decidida pelos primeiros colocados dos dois grupos da segunda fase. Os segundos colocados de cada grupo disputaram o 3º lugar. Sendo assim, aqui contabilizarei os quatro primeiros colocados.

Copa de 1978 – Argentina

América do Sul – 2 – Argentina e Brasil
Europa – 2 – Holanda e Itália

Copa de 1974 – Alemanha

Europa – 3 – Alemanha, Holanda e Polônia
América do Sul – 1 – Brasil

Copa de 1970 – México

América do Sul – 2 – Brasil e Uruguai
Europa – 2 – Itália e Alemanha

Copa de 1966 – Inglaterra

Europa – 4 – Alemanha, União Soviética, Inglaterra e Portugal

Copa de 1962 – Chile

América do Sul – 2 – Brasil e Chile
Europa – 2 – Tchecoslováquia e Iugoslávia

Copa de 1958 – Suécia

Europa – 3 – França, Alemanha e Suécia
América do Sul – 1 – Brasil

Copa de 1954 – Suíça

Europa – 3 – Hungria, Alemanha e Áustria
América do Sul – 1 – Uruguai

Copa de 1950 – Brasil

América do Sul – 2 – Uruguai e Brasil
Europa – 2 – Suécia e Espanha

Copa de 1938 – França

Europa – 3 – Hungria, Suécia e Itália
América do Sul – 1 – Brasil

Copa de 1934 – Itália

Europa – 4 – Itália, Áustria, Tchecoslováquia e Alemanha

Copa de 1930 – Uruguai

América do Sul – 2 – Argentina e Uruguai
Américas do Norte e Central – 1 – Estados Unidos
Europa – 1 – Iugoslávia


Distribuição de países por continente nas quartas de final da Copa do Mundo

29/06/2010

Em seguida, a relação de países, por continente, nas quartas de final da Copa do Mundo.

Será a primeira vez que haverá mais sulamericanos do que europeus nessa fase: 4 contra 3. Também é a edição com o maior número de sulamericanos nessa fase. Antes, as melhores participações tinham sido em 1978 e 1970, com 3 equipes entre as 8 finalistas. E é também a edição com o menor número de europeus, 3. Antes, as piores participações tinham sido em 2002 e 1970, com 4 equipes entre as 8 finalistas.

Copa de 2010

CONMEBOL (América do Sul) – 4/8 – Brasil, Uruguai, Argentina e Paraguai
UEFA (Europa) – 3/8 – Holanda, Alemanha e Espanha
CAF (África) – 1/8 – Gana

Copa de 2006

UEFA – 6/8 – Alemanha, Itália, Ucrânia, Inglaterra, Portugal e França
Conmebol – 2/8 – Argentina e Brasil

Copa de 2002

UEFA – 4/8 – Inglaterra, Alemanha, Espanha e Turquia
CONMEBOL – 1/8 – Brasil
CONCACAF (Américas do Norte e Central) – 1/8 – Estados Unidos
AFC (Ásia) – 1/8 – Coreia do Sul
CAF – 1/8 – Senegal

Copa de 1998

UEFA – 6/8 – França, Itália, Dinamarca, Holanda, Alemanha e Croácia
CONMEBOL – 2/8 – Brasil e Argentina

Copa de 1994

UEFA – 7/8 – Itália, Espanha, Holanda, Bulgária, Alemanha, Suécia e Romênia
CONMEBOL – 1/8 – Brasil

Copa de 1990

UEFA – 6/8 – Iugoslávia, Itália, Irlanda, Alemanha, Tchecoslováquia e Inglaterra
CONMEBOL – 1/8 – Argentina
CAF – 1/8 – Camarões

Copa de 1986

UEFA – 5/8 – França, Alemanha, Inglaterra, Bélgica e Espanha
CONMEBOL – 2/8 – Brasil e Argentina
CONCACAF – 1/8 – México

Na Copa de 1982, a fase antecedente às semifinais consistiu numa fase de 4 grupos com 3 times cada, consistindo em 12 equipes:

UEFA – 10/12 – Polônia, União Soviética, Bélgica, Alemanha, Inglaterra, Espanha, Itália, França, Áustria e Irlanda do Norte
CONMEBOL – 2/12 – Brasil e Argentina

Nas Copas de 1974 e 1978, a fase antecedente às semifinais consistiu numa fase de 2 grupos com 4 times cada, consistindo em 8 equipes:

Copa de 1978

UEFA – 5/8 – Holanda, Itália, Alemanha, Áustria e Polônia
CONMEBOL – 3/8 – Argentina, Brasil e Peru

Copa de 1974

UEFA – 6/8 – Holanda, Alemanha Oriental, Alemanha, Polônia, Suécia e Iugoslávia
CONMEBOL – 2/8 – Brasil e Argentina

Copa de 1970

UEFA – 4/8 – Alemanha, Inglaterra, Itália e União Soviética
CONMEBOL – 3/8 – Brasil, Peru e Uruguai
CONCACAF – 1/8 – México

Copa de 1966

UEFA – 5/8 – Portugal, Alemanha, União Soviética, Hungria e Inglaterra
CONMEBOL – 2/8 – Uruguai e Argentina
AFC – 1/8 – Coreia do Norte

Copa de 1962

UEFA – 6/8 – União Soviética, Tchecoslováquia, Hungria, Inglaterra, Iugoslávia e Alemanha
CONMEBOL – 2/8 – Chile e Brasil

Copa de 1958

UEFA – 7/8 – França, Irlanda do Norte, Suécia, União Soviética, País de Gales, Alemanha e Iugoslávia
CONMEBOL – 1/8 – Brasil

Copa de 1954

UEFA – 6/8 – Áustria, Suíça, Inglaterra, Hungria, Iugoslávia e Alemanha
CONMEBOL – 2/8 – Uruguai e Brasil

Na Copa de 1950, após a fase de grupos, houve uma fase final, com apenas quatro equipes.

Copa de 1938

Europa – 6/8 – França, Itália, Tchecoslováquia, Suíça, Hungria e Suécia
América do Sul – 1/8 – Brasil
Américas do Norte e Central – 1/8 – Cuba

Copa de 1934

Europa – 8/8 – Itália, Espanha, Áustria, Hungria, Tchecoslováquia, Suíça, Alemanha e Suécia

Na Copa de 1930, após a fase de grupos, houve a semifinal diretamente.