As camisas da Copa do Mundo

Classificadas as 32 seleções para a Copa do Mundo de 2010, agora é possível fazer um levantamento dos fornecedores de material esportivo para o torneio.

A adidas patrocina 12 seleções: África do Sul, Japão, Nigéria, México, Argentina, Paraguai, Dinamarca, França, Alemanha, Grécia, Eslováquia e Espanha. São 6 a mais que em 2006.

A Nike patrocina 9 seleções: Austrália, Coreia do Sul, Estados Unidos, Brasil, Nova Zelândia, Holanda, Portugal, Sérvia e Eslovênia. Uma seleção a mais que em 2006.

A Puma patrocina Camarões, Costa do Marfim, Gana, Uruguai, Itália e Suíça. São 6, em 2006 eram 12.

As outras marcas são:
Joma (Honduras)
Umbro (Inglaterra)
LeCoq Sportif (Argélia)
Brooks (Chile)
Erke (Coreia do Norte)

Puma e adidas já fizeram o lançamento de grande parte de suas camisas para a Copa, inclusive já postei as imagens destas aqui no blog. As camisas da Puma, como sempre, apostando no mesmo template para todas as seleções, variando apenas cores e estampas personalizadas. Apesar de tudo, os resultados foram bons, principalmente nas camisas away. Mas é bom esperar pelo lançamento da camisa da Itália, que geralmente é algo diferente das demais. As camisas da adidas também apostam em peculiaridades de cada seleção em suas camisas, gerando bons resultados. Porém, em camisas como a Espanha e Grécia o excesso de simplicidade acaba sendo um erro.

A Nike, que em 2006 apostou em uma política de individualizar o uniforme de cada seleção, tanto nas fontes utilizadas como em outros detalhes, ainda não lançou oficialmente nenhuma das camisas para o ano que vem, mas essa tendência provavelmente permanecerá. A camisa do Brasil, inclusive, tem previsão para lançamento em fevereiro de 2010, durante o Carnaval de Salvador.

A Umbro/Inglaterra não deve lançar nada novo para a Copa. Quanto às outras seleções existe a possibilidade de mudarem de fornecedor para o mundial, uma vez que são marcas menores que não têm poder de competitividade com as “gigantes” do mercado. Honduras talvez permaneça com a Joma, marca que na Copa de 2006 forneceu material para a Costa Rica. A Argélia, caso não continue com LeCoq Sportif, pode ser “capturada” pela Puma, que tem forte presença e identificação no mercado africano, inclusive da África do Norte (patrocina Egito e Tunísia). Seria legal ver o Chile, que em sua última Copa (1998) tinha camisa da Reebok, com outra marca (talvez Umbro ou mesmo Nike, que só patrocina o Brasil na América do Sul). Agora, a Coreia do Norte é uma incógnita. Será que o governo comunista do país permitirá à sua seleção uma camisa de alguma das grandes multinacionais ou continuará com a pequena chinesa Erke? É esperar pra ver.

Atualização: a Argélia foi, de fato, “capturada” pela Puma.

Uma resposta para As camisas da Copa do Mundo

  1. […] de seleções da Puma para 2010 (4) Como eu já havia previsto, foi só a Argélia classificar-se para a Copa, que a Puma foi lá e assinou com eles. O Football […]

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: